História

A viagem épica de atravessar o Atlântico Sul

A aviação em  Portugal e a sua evolução ao longo dos tempos, deve-se em grande parte  a acontecimentos históricos da humanidade. Deve-se também à evolução da ciência e industria aeronáutica. Embarcados prontos para iniciarem a viagemAlguns fatores a que se deve o desenvolvimento da aviação em Portugal são fatores geográficos. Mas o maior feito deve-se a homens como Gago Coutinho e  Sacadura  Cabral que se destacaram na mestria da navegação aérea. Com destreza e audácia a bordo das aeronaves, “Lusitânia” e “Pátria”e o por fim o “Santa Cruz” concluíram a  viagem de 8383 km/4526 mn em Junho de 1922. ( 30 Março a 17 de Junho 1922)

O Twin Otter surge em 1965

Twin Otter em Setembro de 1965 já com flutuadoresHistória do Twin Otter DHC 6 – MSN 1  -Registado com a matricula  CF-DHC-X, saiu da linha de montagem no dia 22 de Abril de 1965. Voo pela primeira vez a 20 de Maio de 1965. O  voo teve a duração de 02:53.  O MSN 1 encontra-se no museu “Canada Aviation and Space Musuem”, em Rockcliffe doado pela DHC

 Cinquenta anos mais tarde

Em 2010 a Viking Air , lança para o mercado a serie 400, após ter redesenhado o avião.  Adaptou a anterior serie 300 às novas realidades da aviação moderna. Alem da reestruturação e o aperfeiçoamento da anterior linha de montagem, inclui novos materiais na serie 400. Redesenhou cerca de 800 novas peças e adaptou toda a instrumentação de bordo de modo a conseguir-se um avião moderno, seguro e atual. O DHC 6 400 obteve a certificação EASA em 2010, focando o potencial do mercado Europeu.


Conheça melhor a nossa operação.

Fields marked with an * are required

Comments are closed